NOTÍCIAS

Data de publicação: Terca-Feira, 12 de Marco de 2019

Conatec e Fenatec estudam ofensiva contra MP 873

Um grupo técnico foi formado para estudar medidas contra o texto aprovado pelo governo. Conatec e Fenatec também estão trabalhando com outras entidades atuação conjunta

123237-contribuicao-sindical_3541a781.jpg

A Conatec e a Fenatec têm estudado todos os mecanismos possíveis para barrar os efeitos nocivos da Medida Provisória 873/2019, aprovada pelo governo nove dias após o anúncio da reforma da Previdência. Na avaliação presidente da Conatec, Paulo Ferrari, o cenário impõe ações emergenciais, principalmente junto à primeira instância do Poder Judiciário.

Desde a última semana, a Confederação e a Federação têm reunido seu grupo de advogados para encontrar meios para salvaguardar a atuação das entidades filiadas. Medidas junto ao Supremo Tribunal Federal estão sendo estudadas, assim como ações junto à Procuradoria Geral da República e ao Ministério Público do Trabalho.

As entidades ainda devem se reunir nesta quarta-feira (13) com o Fórum Sindical dos Trabalhadores, a fim de traçar estratégias conjuntas com as entidades ligadas ao movimento.

A Conatec e a Fenatec pedem a compreensão e a paciência dos sindicatos filiados. Nenhuma medida foi tomada até o momento, pois a ideia é garantir a unicidade entre as principais entidades para barrar, de uma vez por todas, a MP 873. Aguardamos no momento uma avaliação conjunta para saber quais medidas iremos tomar. É hora de união!