NOTÍCIAS

Data de publicação: Sexta-Feira, 04 de Maio de 2018

No nosso dinheiro não! Conatec repudia decisão do governo de usar recursos do FAT para bancar calote de outros países

090610-5fb0da37bb84214f36f34ced97f6c2fa.jpg

O trabalhador, mais uma vez, vira bode expiatório do governo. Não bastasse as sucessivas retiradas de direitos, como a aprovação da reforma trabalhista, da lei da terceirização e da tentativa de aprovação da reforma previdenciária; o Congresso Nacional aprovou, nesta quarta-feira (2), o remanejamento dos recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para cobrir calotes dados por Moçambique e Venezuela ao BNDES.

Mais de R$ 1 bilhão do dinheiro que deveria ser destinado ao trabalhador no programa seguro-desemprego servirá para honrar dívidas de outros países. O meu e o seu dinheiro, arrecadado por meio de impostos (que diga-se de passagem não são poucos), serão desviado do fim para o qual foi criado.

Por isso, a Conatec repudia veementemente a decisão do governo e torna pública a indignação de todos os trabalhadores em edifícios e condomínios com a decisão tomada, em especial diante da atual conjuntura, quando o desemprego tem crescido e os trabalhadores têm precisado cada vez mais dos recursos do FAT.

A Conatec espera alguma sensibilidade do governo e mínima coerência administrativa, no sentido de entender que em um país onde os trabalhadores têm perdido seus direitos mais básicos não pode tirar deles até mesmo a garantia ao seguro diante do desemprego. No meu dinheiro não, presidente!