NOTÍCIAS

Data de publicação: Quinta-Feira, 29 de Junho de 2017

Possibilidade de aprovação da reforma Trabalhista leva diretoria da Conatec a elaborar estratégias para os sindicatos

Diretores buscaram mecanismos para resguardar os Sindicatos de Trabalhadores em Edifícios e Condomínios

175915-DSC_3244.jpgDiante da possibilidade de aprovação da medida provisória que trata da reforma trabalhista, que, dentre outras coisas, acaba com a contribuição compulsória, a diretoria da Conatec esteve reunida nesta quarta-feira (28), em Brasília, para traçar estratégias de fortalecimento dos sindicatos de trabalhadores em edifícios e condomínios. 

O presidente da Conatec, Paulo Ferrari, abriu o encontro explicando que a aprovação da reforma Trabalhista abrirá um leque para diversos problemas para sindicatos. Por isso, ele avaliou a necessidade de buscar soluções para fortalecer e inovar as entidades filiadas.

"Estamos lutando de todas as formas para barrar a Reforma no Senado, mas também temos que buscar alternativas caso ela seja aprovada. Pode ser que tenhamos que pensar em uma nova fase para o sindicalismo brasileiro e precisamos estar preparados para isso", alertou Ferrari.

Os diretores discutiram a possibilidade de realização de cursos voltados para a inovação dos sindicatos e outras formas para trazer a modernização para estas entidades.

Congresso Fenatec/Conatec

O evento anual voltado para os trabalhadores em Edifícios e Condomínios também foi pauta da reunião. Com possibilidade de redução da contribuições que mantêm a Confederação, os diretores avaliaram suspender a realização do evento ou torná-lo mais enxuto, com a finalidade de reduzir gastos.  

A decisão final, todavia, será tomada na próxima reunião, agendada para o dia 19, quando se espera ter um cenário mais concreto da reforma.