NOTÍCIAS

Data de publicação: Quinta-Feira, 22 de Marco de 2018

Presidente da Conatec alerta: querem acabar com o movimento sindical

Em audiência no Senado Federal, Paulo Ferrari afirma que reforma trabalhista foi aprovada para acabar com os direitos dos trabalhadores

O presidente da Conatec, Paulo Ferrari, foi um dos convidados a compor mesa em audiência realizada pela subcomissão temporária do Estatuto do Trabalho, do Senado Federal, realizada na última segunda-feira (19), que buscou debater a organização dos sindicatos e as negociações coletivas.

Paulo Ferrari denunciou os inúmeros abusos que os sindicatos e a classe trabalhadora estão sofrendo desde que a reforma trabalhista foi aprovada. “Foi feito um teatro, com três atos. Primeiro montou a reforma trabalhista, depois desmoralizaram os dirigentes sindicais e, por último, acabaram com os direitos deles”, lamentou Ferrari.

A audiência pública foi convocada pelo senador Paulo Paim (PT-RS), que também reconheceu que a Lei 13.467/2017 desmontou o movimento sindical, privilegiando as negociações individuais e diminuindo o poder de mediação das instituições que representavam a parte mais fraca da equação nas demissões.

“Estão varrendo o movimento sindical, e isso é um equívoco. Sinceramente, na verdade isso é uma burrice”, afirmou Paim.